quinta-feira, 18 de fevereiro de 2021

Um pobre-diabo internado

 Olá amigos, quero dizer que passei um tempo longe do reduto porque fui internado no hospital e ainda estou em tratamento médico. Realmente a minha vida de excessos agora está cobrando a conta, e com juros. Fiquei em off totalmente em tudo da minha vida e é nesse momento que vemos quem está do nosso lado.


Eu pensei que não fosse aguentar, porque fiquei muito debilitado e meus exames estão completamente alterados, principalmente pelo uso excessivo de cigarros e charutos. Mas felizmente consegui me recuperar um pouco. Agora que eu vi que ter dinheiro é tudo nessa vida, pois você pode pagar por bons planos de saúde, remédios e tratamentos de primeira. Se não fosse isso, o que seria de mim? 


Enfim, sem mais choros, o reduto voltará com suas incríveis postagens e reflexões semana que vem. E eu espero me recuperar logo para que eu possa voltar a beber boas pingas e fumar deliciosos charutos cubanos, que é o que eu mais amo fazer! 

segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

Novo ano, mesma vida de merda

Durante muito tempo, no fim de cada ano, eu planejava muitas metas e objetivos para cumprir. Pois bem, entramos em 2021 e eu vejo que a minha vida continua a mesma coisa, talvez até pior, pois estou cada vez mais com meu psicológico afetado, bebendo e fumando cada vez mais e gastando ainda mais dinheiro, lembrando que passei grande parte do ano passado desempregado. Sorte a minha eu ter uma boa quantia investida e poupada.

Fiquei sumido esse fim de ano porque resolvi viajar e sumir um pouco desse lugar de merda, respirar ares diferentes e conhecer pessoas novas. Posso dizer que foi muito bom para mim, embora eu tenha passado a maior parte do tempo bêbado e nem me lembre de muitas coisas. Mas uma coisa eu refleti: se eu sou a mesma pessoa, um cocô de braços e pernas, tem como eu fazer tudo diferente? Ou teria a necessidade de eu mudar tudo se eu sou o que sou? 

E eu não sou o único assim. Observando todos ao meu redor eu percebo que ninguém muda, ninguém evolui, apenas vivem suas parcas vidas um dia após o outro, sem nada mudar. E aqui no reduto não é nada diferente, passa ano e todos continuam iguais, sem o mínimo de evolução. Será que não somos limitados e colocamos as nossas expectativas acima do que realmente somos? As vezes é necessário colocar o pé no chão e se conhecer, não fazer igual ao passarinho e roliço arrogantes, que se achavam as últimas bolachas do pacote, sendo sujeitos ignorantes e sem cultura alguma. 

Para 2021 não projetarei nenhuma meta. Eu só quero arrumar um bom emprego novamente, cuidar mais do meu corpo, tentar me alimentar melhor, beber e fumar menos. Quero curtir mais a vida também, viajar mais, fazer mais hobbies, conhecer novas damas da vida e ser mais feliz. Por fim, mesmo odiando essa frase, eu desejo um feliz 2021 a todos!



quinta-feira, 3 de dezembro de 2020

O fim de 2020 de um pobre-diabo

O ano 2020 foi um ano perdido. A melhor coisa que eu fiz foi ficar um pouco longe do reduto e me afastar dos betosos fedorentos tóxicos. Foi necessário deixar o reduto em stand-by porque algumas presenças mal vindas estavam me fazendo mal, pois além de estar desempregado, nervoso e depressivo, estava a ponto de ter cirrose de tanto que estava bebendo ou até desenvolver câncer no pulmão de tanto fumar. Mesmo assim tenho que me cuidar, meus exames estão todos alterados. 

Nesse fim de ano fui contratado por uma boa empresa, mas já fui desligado porque arrumei confusão com a diretoria e também porque não estava satisfeito com o salário, que juntando com os benefícios estava entre 6k a 7k. Mas diferente de antes estou bem, estou bebendo menos, só duas doses de whisky por dia e no máximo duas garrafas de cerveja. Estou fumando só uma carteira de cigarro também. Para balancear os malefícios disso, estou praticando caminhada e fazendo polichinelo e flexões em casa.

A ideia do reduto é só manter as pessoas que tem algo a agregar e manter um ambiente mais leve. Tem outros blogs por aí que juntaram três betosos que ficavam comentando só idiotices e floodando, então é até bom que fiquem lá falando sozinhos e não encham o saco de quem quer vencer na vida. Vou começar a postar mais a partir de hoje, responder todos os comentários e e-mails que estão a meses parados e curtir mais a vida. Preciso interagir mais com as pessoas, quem sabe dar um upgrade nas redes sociais com fotos mais transadas e sair com novas damlux. Enfim, nos próximos posts contarei como será meu fim de ano, garanto que será poderoso.

sábado, 31 de outubro de 2020

Vida nova, novos sonhos, novas metas!

Novos sonhos, novas metas!

Saudações, camaradas. Estou aqui só para dizer que dei a volta por cima. Estou empregado, ganhando um bom salário, estou bebendo menos (tomando um dia sim, um não, e tomando porre só nos fins de semana) e fumando só uma carteira de cigarro por dia (estava fumando duas antes). Estou correndo e erguendo uns pesos em casa mesmo para tentar recuperar a minha saúde, que está uma merda devido aos meus excessos. Acho que se eu viver até uns 55 anos já está bom demais, porque judiei demais dessa carcaça horrorosa e fedida.

O ano de 2020 foi praticamente perdido. Fiquei um bom tempo desempregado (ainda bem que tenho uma boa grana guardada e investida, além de não ter contas altas, por ter meus bens já quitados), isso afetou um pouco meu psicológico, pois sou viciado em trabalho e confesso que fez falta me sentir importante, conviver com pessoas, azarar alguns brotos (minha posição social e profissional sempre chamou a atenção de muita gente). Nesse tempo que fiquei por fora eu acabei bebendo excessivamente e até achei que iria morrer de coma alcoólico, mas graças aos deuses e ao destino, estou aqui firme e forte para vencer ainda mais.

Mas não posso reclamar. O ano de 2020 foi ruim para todos. Eu ainda sempre tive um bom dinheiro, então passei o ano sossegado. Agora é as milhares de pessoas que entraram em falência? Os caras que perderam valores imensos em investimentos? E todos que dependiam de seus empregos e ficaram sem nada, dependendo do auxílio do governo? Aqui no reduto mesmo vemos vários coitados que se deram muito mal. O arrogante do Passarinho é um exemplo, faliu a sua barraca de cachorro quente e não conseguiu nem pagar o empréstimo que fez do pai dele para abrir esse negócio fracassado. O Roliço é outro exemplo, o coitado perdeu tudo o que investiu em sua lanchonete na garagem da mamãe, tomou processo das duas funcionárias que contratou sem registrar e agora está devendo para os pais e para o banco, até a moto velha dele ele teve que vender. Não está fácil para ninguém! 

Enfim, o meu foco agora está em coisas positivas. Vou cuidar mais da minha saúde, cuidar mais do meu visual (já sou feioso, nesse tempo desempregado eu estava parecendo um mendigo) e aumentar ainda mais meu poderio financeiro (ainda vou definir no que irei investir a partir de agora). Os haters que vierem encher o saco eu já vou chegar na ignorância e vou logo metendo um tapa no meio da cara. Não tenho mais saco para perder tempo com fracassados que só sabem criticar, mas não ajudam em nada e não conseguem fazer nada melhor. Minhas metas e objetivos a partir de agora é ganhar mais dinheiro ainda, me desenvolver, crescer no meio profissional e calar a boca de quem desejou o meu fracasso.


Abraço!