quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

Por que a Filosofia Diabística é a melhor de todas?


Saudações, betas diabistas! Vocês têm acompanhado nos últimos dias que meu humor tem melhorado depois de vários dias de tristeza, cansaço e depressão, frutos de minha vida profissional. Hoje acordei ainda melhor, pois logo cedo recebi algumas mensagens de alguns colegas de confiança no trabalho de que estão rolando boatos de que eu assumirei uma função de muito destaque na empresa, que logicamente aumentará consideravelmente meu salário, me colocará em uma ótima posição social e profissional e, ainda, enriquecerá ainda mais meu currículo. Confesso que, ao ler isso, levantei da cama e comecei a dar saltos de alegria, dando socos no ar, comemorando como atletas que chegam ao pódio fazem. 

Pode ser que dê certo, pode ser que não, mas só o fato de cogitarem o meu nome entre os melhores já é um motivo de vitória para mim, demonstrando como a Filosofia Diabística mudou a minha vida e me fez sair de um quadro grave de fracasso e depressão para hoje ser um vitorioso. Quem que daria alguma coisa para um beta B mais feio que cu cagando, que até Satanás tinha pena? Um filhote de urubu, uma mistura de Batoré, Cerveró e Raul Gil, ridículo, escroto, covarde e brega? Pois é, meus amigos, eu consegui dar a volta por cima, vencer os meus medos, evoluir e crescer e isso eu devo totalmente à Filosofia Diabística. Vocês devem estar se perguntando: mas o que a Filosofia Diabística tem de tão especial? Acomode-se bem aí onde você está e abra sua mente, pois sua vida pode estar prestes a mudar – PARA MELHOR!

É obvio que as condições físicas, sentimentais e financeiras têm grande influência em nossas vidas e em nosso futuro, porém, muita coisa começa em nossas mentes e essa é a pior parte para quem é beta, pois além de nascermos com os piores genes possíveis, o que causa espanto e nojo nas pessoas, tamanha a feiúra, passamos desde a mais tenra idade sofrendo os piores tipos de bullyings e rejeições, o que acaba afetando gravemente nossa condição mental e, principalmente, nossa autoestima e confiança, que são essenciais para todas as áreas de nossas vidas, principalmente no que se refere à área financeira e profissional, pilares da vida diabística. Para tanto, antes de mais nada, precisamos destruir os maiores vilões da vida dos betas e da FD, que são as ILUSÕES e EXTREMISMOS. Um diabista deve viver na mais completa racionalidade, lógica, estratégia e, acima de tudo, confiança e esforço, fórmulas para o sucesso. Grave em sua mente, como um mantra: NÃO EXISTE DINHEIRO FÁCIL E NEM SUCESSO SEM ESFORÇO! Ilusões são coisas abstratas, sem sentido, sem fundamento. Extremismos são supervalorizações de algo que não existe. Elas não te levarão a lugar algum, senão ao fracasso completo!


Perceba como as ilusões e extremismos são as piores ciladas que alguém pode se meter! Exemplos não faltam, inclusive dois são muito conhecidos aqui no reduto, como é o caso dos blogueiros Roliço fedorento e  o Passarinho chupador. Ambos os excrementos se apoiam em sonhos irreais para tentar vencer na vida, porém sem nenhum fundamento, sem estratégia, sem base, sem projeto, sem nada! Um deles abre uma lanchonete sem alvará na garagem da mamãe e contrata funcionários sem registro que cedo ou tarde o destruirão na justiça trabalhista; outro abre um cachorro quente com outros 5 sócios mortos de fome, quando na verdade microempresas com 2 sócios geralmente já dá problemas e gera falência. Ambos os animais superestimam suas habilidades e seus negócios falidos, achando que em 2 anos serão franquias famosas em todo o Brasil (acreditem, os idiotas falaram isso). Não bastando isso, o roliço se entope de bombas falsificadas altamente prejudiciais para se exibir para faveladas e agora está noivo de uma magrela de 35kg, e o Passarinho ainda falou que tem um canal famoso no YouTube e que em 1 anos ele será uma espécie de Whindersson Nunes, sendo que nem canal esse retardado mentiroso deve ter e é um beta escroto, ridículo e sem habilidade alguma social. Cuidado com esses sabotadores sociais!

E quanto aos iludidos e extremistas que colocaram todo o seu suado dinheiro em criptomoedas? Quem não lembra do tanto de excrementos sem conhecimento algum de finanças, investimentos, de mercado e de economia, de forma prepotente, vindo falar asneiras e falando como se fossem verdadeiros homens de sucesso e gurus dos investimentos? E os inúmeros canais no YouTube de caras que se exibiam como sendo os maiores investidores do mundo? Vários analfabetos funcionais saíram por aí falando que abandonariam seus empregos e que trabalhariam apenas em casa fazendo trades de criptos, tirando sarro de pessoas normais que trabalhavam dia pós dia para ganhar seu suado dinheiro. E como estão agora esses sujeitos iludidos e extremistas? Estão ricos e poderosos? Pelo que eu lembro, eles diziam que o Bitcoin iria estar valendo R$200.000,00 reais esse ano e que estariam multimilionários. E aí, como estão? Pois bem, O que vimos foi o contrário do que pregavam, a maioria perdeu tudo e sumiu. Além disso, hoje vemos milhares de pessoas que os seguiram amargandando o fracasso, tendo perdido quantias enormes de dinheiro. Falo de boca cheia: EU AVISEI!

Querem outro exemplo de sujeito iludido e extremista que se afundou no fracasso? Pois bem, aos betas que são antenados nas mídias sociais, provavelmente conhecem um jovem que se gabava nas redes sociais por ser espertão, exibindo uma vida de “luxo” nos EUA como brasileiro ilegal. Exibia muitos carros de luxo e transmitia a imagem de que tudo era fácil, que não valia a pena se esforçar e se especializar no Brasil, que era só trabalhar de servente de pedreiro, jardineiro e catador de bosta de americano que você teria a vida de um executivo brasileiro, andaria de Ferrari, moraria em mansões etc. Muitos iludidos e extremistas acreditaram nesse sujeito, pagaram assessorias, trabalharam para ele e no final das contas voltaram para sua pátria amada com as mãos abanando e sem um puto centavo no bolso. Não sei se é verdade, mas dizem que tudo o que ele exibia era falso, que morava com um monte de gente para repartir o aluguel e não possuía o que falava ser seu. Enfim, quem o conhece acompanhou o seu trágico fim, além de perder tudo o que tem, responderá perante a justiça americana (que não é nem um pouco bondosa como a brasileira) e, depois de alguns anos, quando sair da cana, será deportado, vomitado, expurgado das terras americanas para nunca mais poder voltar, como um verdadeiro excremento fedido, que é como americanos veem brasileiros ilegais. E aí valeu à pena? Quantos anos perdidos só porque a pessoa é preguiçosa e não quer se esforçar, sempre buscando o caminho mais fácil. Se tivesse se esforçado aqui, com certeza estaria mil vezes melhor de como se encontra hoje.


São esses os exemplos de sucesso que vocês querem seguir para suas vidas? Entendam de uma vez por todas, contos de fadas não existem! Não existem atalhos para a vida! Não existe sucesso sem esforço! Não existe dinheiro fácil! Bombas falsificadas não te farão alfa, apenas um idiota inchado que terá problemas de saúde futuramente. Fingir que é empresário com uma merreca investida e um negócio lixo não te fará patrão e sim um escravo que trabalhará 15 horas por dia. Ler PUAs é emular alfismo não te fará um conquistador de princesas e sim um otario iludido, chato e secador de vaginas. A Filosofia Diabística nunca erra, nunca falha! Ela é blindada contra qualquer ilusão e extremismo e é aplicável a todas as áreas de nossas vidas.

Tudo o que é fácil, desconfie! Fuja de soluções fáceis, pois são todas furadas! Tudo que é barato e fácil não presta! Dinheiro nunca vem fácil, camaradas! Uma comida boa custa barato ou caro? Um carro bom custa barato ou caro? Uma panicat custa barato ou caro? Uma mansão custa barato ou caro? Uma viagem para Paris custa cara ou barato? Fazer tratamentos estéticos e vestir roupas de grife custa barato ou caro? Ter um Tag Heuer custa barato ou caro? Conseguiram entender que apenas o dinheiro importa e ele é a solução para todos os problemas? 

Diga não aos sabotadores! Diga não às ilusões e extremismos! DIGA SIM À FILOSOFIA DIABÍSTICA!!! 


Um abraço do Pobre-diabo! 

sábado, 9 de fevereiro de 2019

Duas gostosas brigando por um pobre-diabo. Pode isso Arnaldo?


Saudações, confrades diabistas! É com grande alegria que vos recebo em nosso reduto diabístico. Hoje, diferente dos últimos dias, estou muito feliz, então pegue seu melhor copo, encha de elixir dos deuses (cervejas artesanais) e brinde comigo esse dia maravilhoso. Estou desde às 10:00 degustando esse refresco que foi nos dado pelos deuses para refrescar nossa alma angustiada e sofrida.

Pois bem, vocês devem estar perguntando qual é o motivo de minha alegria, não é mesmo? Antes que me chamem de mangina e que estou feliz porque transei, quero dizer que não é este o motivo principal, não! O motivo é que fiz uma reflexão profunda sobre minha vida e ao ver que tudo está no caminho certo só pode me fazer ficar feliz. Obviamente que não poderia deixar de mencionar o acontecimento da noite de ontem, que veio trazer ainda mais alegria para minha vida e confirmar que a Fillsofia Diabística é a chave para o sucesso.

Quando reflito e começo a lembrar do cara que eu era e o que sou hoje vejo como o universo tem sido bom comigo e como a Filosofia Diabística me salvou. Eu, como todos sabem, sempre fui muito amargurado por ser um beta B mais feio que cu cagando, um filhote de urubu, uma mistura de Batoré, Cerveró e Raul Gil, ridículo, sem graça, escroto, brega, mais covarde que uma cadela e com um poder extremo em secar vaginas e causar repulsa e nojo em todas as mulheres possíveis. Porém, hoje sou diferente. Tenho confiança em mim, aprendi a falar em público, tenho um bom nível financeiro, profissional e intelectual. Além disso tudo, também tenho estilo e foi com ele que demonstrei toda a minha sofisticação e poder ontem.


Ao sair do trabalho, é claro que dei aquela passada no templo cervejístico e tomei 3 copos de 500ml de elixir dos deuses (cervejas artesanais) quase que em um só gole. Isso fazia parte do ritual divino que seguiria então, uma preparação para minha visita ao tão sagrado templo da luxúria, local este em que eu mostraria toda a minha devoção às deusas do pecado, às sacerdotisas da promiscuidade, às famosas damas da luxúria, ou tão somente, “damlux”, como as chamamos aqui no reduto diabístico. Já em casa, vesti uma camisa social branca, com os botões fechados até a gola, coloquei uma calça social bege com suspensório preto, meu poderoso combo do sucesso, constituído pelo meu relógio Tag Heuer e minha corrente de ouro, e para lacrar e arrebentar a boca do balão, minha boina italiana, que fechou com chave de ouro meu visual matador. Assim, todo confiante, fui com o possante diabístico automático ao templo divino da luxúria, prestar a minha devoção àquelas divindades que lá habitam.

Entrando lá já percebi vários olhares em minha direção, tanto de homens como das próprias damlux. Tendo certeza que eu estava chamando muito atenção pelo meu visual poderoso de alguém de sucesso, para arrasar ainda mais, pedi um frisante e já me acomodei em uma mesa de destaque. Percebi que isso atraiu ainda mais a atenção de todos e não deu outra, duas gatas vieram em minha direção, eram verdadeiras modelos da Victoria Secrects, porém com corpos de panicats, as quais abandonaram dois fracassados fortinhos que lá estavam, que não percebem que é o poder e o dinheiro que movem o mundo. As duas moçoilas sentaram ao meu lado e já me encarreguei de chamar o garçom e pedir duas taças para que aquelas donzelas tomassem comigo o frisante, enquanto os otários que não são diabistas morriam de inveja de mim e do meu poder diabístico.

As garotas, em dado momento, alisaram o “Little Devil”, que naquela hora já havia se transformado no “Giant Devil”, devido ao seu tamanho assustador, visto que a natureza foi muito generosa ao me conceder um colosso peniano de tamanho tão avantajado, tendo elas gamado em mim. - Vamos para o quarto, gatinho? Disseram as oferendas do pecado ao seu Deus Eros. Como não posso obedecer as ordens vindas diretamente dessas divindades, é claro que eu fui, pois para que serve ter dinheiro e poder se não for para ter uma vida hedonista de muito prazer? Sendo assim fomos à suíte sagrada, destinada ao vencedores da vida, afinal, quem é que tem a condição de gastar mais de mil reais (que é o salário do Chuppa Pau e do Roliço) em um momento único de prazer?


Banho tomado, saio do quarto e as duas belezuras estão só de fio dental deitadinhas na cama, nosso leito de amor. Ops! Deixo a toalha cair e exibo o membro do prazer, o que causa espanto e tesão nelas, as quais desesperadamente vêm em minha direção, caem de boca e se deliciam nele. Que visão maravilhosa as duas de quatro! Transamos como nunca! Passados 45 minutos fiz ambas gozarem muito e agora era a minha vez. Ordenei que ficassem de joelhos para tomarem o néctar diabístico, as quais obedeceram na mesma hora, demonstrando estarem sedentas pelos meus lacticínios. Em dado momento, uma começou a tirar o meu pau da mão da outra, dizendo: - É minha vez de chupar! - Calma, meninas, tem para vocês duas! As safadinha começaram a punhetar, chupar e lamber como duas famintas, momento em que eu disse: - Vou gozar!! As duas ninfas do pecado começaram a brigar pelo meu pau para ver quem tomava mais leite e eu, como um bom amante, alimentei as duas. Que cena linda! Cumprido meu legado divino de prazer, tomei meu banho, me despedi daquelas princesas e fui embora feliz. 

Já em casa, acendi um cigarro de cereja e enchi um copo de whisky, para brindar à vida hedonista e aos objetivos de vida que estou galgando. Comecei a fazer cálculos mentais sobre meu patrimônio que já é considerável, do meu salário e da minha perspectiva de crescimento e pensei comigo: realmente sou um vencedor. Quem viu aquele betinha B fracassado de outrora e vê esse cara de agora, com certeza falará: - Ele venceu! Eu sei que os extremistas e iludidos falarão que só pego GPs, mas me digam aí, quem que consegue sair com duas panicats e ver as duas brigando para ver quem se delícia mais com seus corpo? Só o dinheiro compra isso e todos os prazeres, meus caros. 

Agora pegue seu copo de bebida e brinde à vida e a Filosofia Diabística comigo, meus irmãos, amém? 


Um abraço do Pobre-diabo! 

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

Como mudar a história da sua vida e ganhar muito dinheiro?


Saudações, amigos betas! Tendo em vista que muitos diabistas têm reclamado que eu tenho falado muito pouco sobre investimentos e empreendimentos, resolvi abrir essa pauta mais vezes aqui no reduto diabístico, pois como o nosso foco é o dinheiro, nada mais justo que falarmos mais sobre ele. A Filosofia Diabística, considerada por muitos como a maior filosofia já existente para a salvação de betas fracassados, tem enormes contribuições a fazer nesse campo, então embarquem comigo nessa aventura e partiu em busca do sucesso financeiro!

A grande verdade é que quase a totalidade das pessoas por aí tem pavor de falar em números, fogem deles. O fato é que para esse tipo de gente falta organização e planejamento, piorando ainda mais se são ostentadoras e priorizam o gasto com coisas supérfluas e prazeres caros e passageiros. Entendam, meus caros, que quanto mais algo é valorizado, mais distante de você ele estará e mais difícil será de alcançá-lo, não faltando exemplos para isso. Imaginem uma mulher de 22 anos, loira, linda, de cintura fina e bunda redonda e grande. É fácil transar com ela sem pagar? E agora uma favelada de 35kg, feia e sem o ensino médio, acostumada em namorar bombados feiosos e fedidos, é fácil ou não de pegar? Conseguir um trabalho de Office boy em uma empresa é muito difícil? E agora ser um diretor executivo dessa mesma empresa? Fazer uma faculdade de Medicina é a mesma coisa que fazer uma faculdade de Administração à distância? Não existe dinheiro fácil e nem sucesso sem esforço!

Sempre aparecerão alguns seres fétidos com soluções fáceis para se ganhar dinheiro. Lembram dos investidores profissionais em criptomoedas? Lembram que eu profetizei aqui no reduto que todos iriam se foder nessa? E os animais que entram em redes de MMN, verdadeiras pirâmides? E os otários que compram ações como se tivessem comprando verdadeiras minas de fazer grana, mas só perdem seu suado dinheiro? E os imbecis que tentam abrir negócios sem ter dinheiro, se afundam em empréstimos sem nem ao menos fazer um estudo de mercado e um projeto de viabilidade econômica? A verdade, nobres betas, é que a maioria das pessoas que não são como os exemplos acima se encaixam em uma dos 3 tipos de classes a seguir: as que poupam muito, as que trabalham muito e as que sabem investir. Obviamente que existem outras, mas como são mais raras não trataremos aqui, como é o caso de famosos, ricos de berço e concursados de alto escalão, que não é o caso de nenhum beta fedido daqui.

É por causa desse tipo de livro que vemos betas se iludirem, achando que a vida é um conto de fadas. O papo desses caras sempre é o mesmo: invista, arrisque-se, tenha mente de campeão, tenha um propósito, corra atrás do seu objetivo, seja diferenciado etc etc etc... Aí o coitado junta míseros 15k e monta uma empresa de fundo de quintal, achando que terá um lucro de 100% sobre o faturamento (empresas normais com muito esforço chegam a 5%)

Há também classes de pessoas que estão fadadas ao fracasso, que são aquelas que não pensam no futuro, gastam mais do que ganham, não evoluem e continuam na mesmice de sempre. Mas nenhuma classe é pior do que a classe dos extremistas e iludidos que está fadada ao eterno fracasso, classe essa que tem como principais representantes dois blogueiros conhecidos pelas alcunhas de Passarinho chupador e Roliço braço de linguiça. Esses animais costumam projetar planos insanos que jamais acontecerão e que contrariam a lógica, estatística e ordem natural das coisas. São burro e não tem a menor capacidade de criar ou inovar, apenas tentam copiar ideias achando que com eles tudo será diferente, não considerando que o fracasso sempre é a regra e que o sucesso é a exceção. Já pararam para pensar qual o imbecil que acha que terá uma rede de franquias de sucesso abrindo uma lanchonete sem alvará na garagem da mamãe e ainda usa o exemplo de franquias de sucesso, como China in box, sem considerar que o investimento inicial nesses ramos são extremamente altos? E já imaginaram um retardado mental que abre um cachorro quente com mais 5 sócios? Se um carrinho já dá um lucro ínfimo para uma só pessoa, imaginem ter que repartir entre 6 pessoas? Só posso ter pena desses coitados miseráveis.

O segredo do sucesso está no uso da melhor estratégia, do melhor aproveitamento de suas habilidades natas, do comprometimento, do desenvolvimento pessoal contínuo e, mais do que tudo isso, do quanto você é resiliente e do quanto está disposto a sacrificar de sua vida em prol do sucesso. Se você não fazer o impossível e dar o seu sangue, nunca você será reconhecido. Eu posso dizer que me sacrifiquei muito durante toda a minha vida e com absoluta certeza devo ter adquirido problemas sérios de saúde física e mental por conta disso. Hoje sou alcoólatra, fumante, estressado e depressivo por causa disso. E se eu quisesse vida boa, não estudar, trabalhar pouco e ter uma vida sossegada onde eu estaria hoje? Com certeza estaria trancado em um quarto, ganhando uma miséria por mês, tendo que complementar a renda com mesadinha do papai, sonhando em ter uma vida de sucesso como de YouTubers famosos, mentindo por aí que tenho um canal com 104 mil inscritos (que não renderia nem 200 reais por mês), quando na verdade seria um adolescente sem um puto centavo no bolso e com delírios de grandeza.

O mundo nao é um grande arco iris, é um lugar sujo e cruel que nao quer saber o quanto você é durão, vai colocar você de joelhos e você ficará de joelhos para sempre se você deixar. Você, eu, ninguem vai bater tão duro quanto a vida, mas nao se trata de bater duro, se trata de quanto você aguenta apanhar e seguir em frente, o quanto você é capaz de tentar e continuar tentando! É assim que se consegue vencer! - Rocky Balboa

Alguns retardados ficam falando que sou um escravo CLT de chefe bafento e que minha vida é um inferno. Sim, meus amigos, minha vida é um inferno mesmo, assim como a vida de milhares de pessoas que correm atrás do sucesso acima de tudo. Vocês acham que a vida de grandes executivos é fácil e que eles estão lá porque ficaram dormindo o dia todo ou ficam brincando de serem empresários vendendo lanche vencido na garagem da mamãe? Acham mesmo que um salário alto e acima do que ganham 97% de toda população brasileira não requer que você seja melhor do que esses 97% de toda a população? A vida é uma seleção natural e se você não começar cedo então pode esquecer, pois você será um eterno mediano. Se você tem 25 anos e não tem nada, nenhuma experiência, formação bosta e sem networking, sinto em dizer, mas é bem provável que você nunca chegue ao topo.

Só para vocês terem uma noção, eu tenho chegado praticamente todos os dias perto das 21:00 horas em casa nesse início de ano. Tenho trabalhado horrores e me estressado ainda mais. Não tenho vergonha de dizer que nesse mês tive várias crises de choro em minha casa ao chegar tarde da noite e me olhar ao espelho, vendo aquela aparência cansada e esgotada, além da cara horrorosa e mais feia que um cu cagando. Mas no trabalho isso não pode aparecer e isso te esgota ainda mais, pois você passa a maior parte do tempo atuando como se estivesse sempre feliz e motivado, o que é ainda mais terrível se você é altamente introvertido e antissocial como eu. Estou marcando um psicólogo para mim, com o objetivo de ser encaminhado logo a um psiquiatra e começar a tomar remédios, pois ando muito estressado e tenho bebido todos os dias até dormir. 

Mas saibam que esse PD não existe no trabalho, afinal, quem quer alguém chato, triste, fracassado e desmotivado no ambiente de trabalho? Eu desenvolvi métodos para me destacar no ambiente profissional depois de muito observar as pessoas (sou um autista detentor de sérios problemas mentais, além de ter uma mente altamente doentia). O que eu faço? Apenas repito essas coisas que eu passei anos treinando, o que para muitos soa natural, mas não para mim. Ainda hoje eu treino em casa o que falar e como falar, observo como me porto frente ao espelho (postura corporal e forma de falar e se portar dizem muito sobre você e definem se é um alfa ou um beta), faço planos de como vencer, bolo estratégias de como me destacar e até como agir frente a competição com outros que ameacem meu cargo. A imagem é o que mais vale no ambiente profissional!

Se você não sair do quarto e batalhar vai continuar sendo um eterno fracassado. Não siga exemplos de adolescentes burros e sem perspectiva de vida, que passam o dia todo na frente do computador mentindo ter empreendimentos e que são Youtubers famosos, quando na verdade vivem de mesada do papai. Sinto muito em dizer, mas a época de se dar bem no YouTube passou, hoje em dia é mais fácil ser jogador de futebol do que um Youtuber famoso! Não existe dinheiro fácil! 

O que você prefere, passar a vida na mediocridade ou vencer? O que prefere, ser alguém de verdade ou um simples vendedor de cachorro quente? O que prefere, ter condição de fazer viagens internacionais anualmente, comer em bons restaurantes, ter uma Mercedes na garagem, morar em um condomínio de luxo e sempre transar com damlux panicats ou andar de moto velha com IPVA atrasado, morar na casa velha dos pais, ganhar 1,5k por mês e namorar uma feiosa magricela oriunda de uma comunidade de baixa renda? Não dê ouvidos a sabotadores sociais e coloque na sua cachola que não existe dinheiro fácil! Você não vai ter o mesma sorte daquele sujeito que abriu uma empresa e hoje tem um império (e hoje vende livros de autoajuda e ganha muita grana com palestras em cima de você). Você não vai ser um Youtuber famoso e rico. Algumas coisas acontecem por conta do acaso, sem explicação. Enquanto isso não acontece, vamos colocar a mão na massa, pois os boletos do mês estão vencendo! A decisão é sua, beta!


Um abraço do Pobre-diabo!

sábado, 2 de fevereiro de 2019

BETA pergunta, PD responde!



Bom dia, diabistas, trago aos senhores mais um quadro original e inovador aqui do reduto diabístico, dentro outros que fizeram muito sucesso entre milhares de betas, como é o caso do quadro original inventado por mim chamado "DIABOLADAS". Esse novo quadro incrível se chama "BETA PERGUNTA, PD RESPONDE", em que vocês poderão perguntar o que quiserem e tirar todas as suas dúvidas comigo em qualquer área e eu responderei conforme a sabedoria suprema diabística, podendo todos debatermos e acabar evoluindo ainda mais nossos conhecimentos diabísticos. O motivo de criar esse quadro é pelas muitas centenas de perguntas que recebo todos os meses no e-mail diabístico, as quais não dou conta de responder, então se forem postadas aqui, todos podemos comentar, assis, vamos arrasar e estourar a boca do balão! 

Para ficar mais interativo, peço que façam suas perguntas e assinem com seus nomes ou apelidos e cidade/estado onde moram. Já adianto aos senhores que logo cedo já estou bebendo elixir dos deuses (cervejas artesanais) e fumando meus deliciosos cigarros de cereja e pretendo parar só à noite, então, caso eu não responda é porque estarei em transe, ou quem sabe transando com alguma damlux gostosa ou ainda azarando alguns brotos por aí. Enfim, declaro iniciado o quadro: 


BETA PERGUNTA, PD RESPONDE!


Trago aqui uma pergunta muito pertinente feita no reduto diabístico pelo diabista Rafael de Brasília: PD o que você acha de frequentar alguma igreja e procurar uma esposa lá? É um ambiente sadio e com mulheres de família além de ter várias gostosas.

PD: caro Rafael, primeiramente saiba que eu não sou mangina e nem matrixiano, meu objetivo de vida é procurar DINHEIRO, mulheres para mim são só para curtir bons e únicos momentos (geralmente na cama ou dentro do carro). Todas são iguais, independente se são de igrejas ou das baladas, o que muda é que as de igreja fingem ser puras e santas, quando na verdade ninguém é. 

.......... 


Uma outra pergunta bem supimpa foi do Beta da cara gorda de 16 anos da São Paulo capital: Grande PD, o que você acha melhor para um beta pobre, burro e fracassado, fazer curso técnico, faculdade em uniesquina, estudar pra concurso ou se matar de estudar e tentar medicina?

PD: caro Beta escroto da cara gorda, se você mesmo já disse que é pobre, burro e fracassado, além de ser um gordo e ridiculo, por que perder tempo tentando Medicina? Medicina foi feita para a classe alta, pessoas inteligentes que foram criadas com a melhor educação e são viciadas em estudar. Concurso pode até tentar, um que pague até 3k a 4k (que será difícil e vai requerer muito estudo). Faculdade hoje está muito saturado e pagando pouco, então no seu caso que é pobre e burro eu diria para fazer curso técnico de eletricista, encanador, mecânico ou gesseiro, sempre terá bastante demanda e poderá tirar mais do que se tivesse uma faculdade de bosta.

.......... 


Por fim, trago a pergunta do Denilson do estado do Rio de Janeiro: Pedezão por que você não muda um pouco os posts, só fala as mesmas merdas de sempre, de mulher, de bebedeiras, de fracasso e do conserva e chupa pau, já tá chato.

PD: caro Denilson, antes de mais nada, com muito respeito quero mandar você tomar bem no meio do seu cu, se quer coisas diferentes então ajude, dê sugestões e participe mais, afinal administrar o reduto que tem visitas de milhares de betas, muitas centenas de comentários, centenas de e-mails diabísticos, ler todos, responder, moderar, fazer posts, está muito difícil e trabalhoso! Aqui não é igual ao blog do blogueiro desonesto e esquizofrênico, que conversa sozinho e tem inúmeros perfis fakes já comprovados.



Enfim, betosos, essas só foram algumas perguntas enviadas por alguns betas, então aproveitem e mandem as suas agora, que terei a honra de responder. Já adianto aqui que não terei dó e compaixão de ninguém e ainda, se preciso for, irei atrás de quem falar merda e encherei de porrada!


Um abraço do Pobre-diabo! 

sábado, 26 de janeiro de 2019

Quem sofre mais: alfa mental com físico beta ou beta mental com físico alfa?


Saudações diabísticas, nobres betas. E é exatamente assim que vocês sempre serão chamados: vocês são B-E-T-A-S, seus merdas. Parem com essa bobajada de guerreiros, vencedores e caralho a quatro. Por termos sido azarados na loteria genética em decorrência da herança biológica dos nossos pais, todos somos natos derrotados, o que deve empreender um maior esforço mental e físico para atingirmos objetivos que são muito mais fáceis de serem alcançados por aqueles que invejamos, os alfas e os semialfas. Contudo, devemos levar em consideração que existem alguns indivíduos que são híbridos, pois estão divididos em dois mundos, visto que nem sempre a cabeça anda junto com o restante do corpo. É aí que entra a proposta do post de hoje, camaradas. Quem sofre maiores agruras diárias? Quem está mais sujeito a passar por escabrosidades? De um lado temos o alfa mental com físico beta. Do outro temos o beta mental com físico alfa. Quais desses dois é o menos afortunado e destinado a ser como aquela piada velha que já passou, mas não perde a graça?

Esse questionamento me veio ontem quando eu copiosamente repetia meu ritual diabístico de degustação do suco que alegra a alma e que cura o espírito, da poção mágica da ebriedade, do suave néctar da alcoolemia, dos perfeitos elixires divinos, ou simplesmente as cervejas artesanais. Descobri um  novo templo da libertinagem em que é servida uma diversidade infindável dessa obra prima da humanidade, além de ter uma tabacaria anexa em que são expostos os mais diversos produtos fumígenos de exalam a névoa transcendental que aquece meus pulmões. Infelizmente eles não tinham meu amado cigarro de cereja, porém disponibilizavam narguilés com as mais variadas essências. Obviamente não esperei e pedi um com uma essência de cereja enquanto eu apreciava aquela assembleia de sacerdotisas do pecado desfilando na minha frente com suas lindas nádegas femininas.


Como eu amo esses lugares! Lá eu sou rei, sou quase um deus (opa, diabo)! Lá elas me olham com desejo (por mais que seja para tirarem dinheiro de mim, já que minha cara mais feia que cu cagando gera reações de nojo e repulsa até em mendigos) e eu sou reconhecido por aquilo que eu represento!  Dinheiro move o mundo! Meu poderio financeiro é evidente quando peço um combo e drinks sofisticados como um Bloody Mary e chamo as clérigas do meretrício para me acompanharem até eu decidir quem será a minha próxima vítima. Lá posso me fazer de difícil, posso passar sem paquerar ninguém enquanto avalio a melhor fêmea a ser devorada por esse macho viril (porém beta). Posso dar o troco por me tratarem na vida real como um pobre-diabo digno de pena em razão das mais diversas humilhações e desprezos ao agir como elas mesmo fazem comigo.

Enquanto eu fumava meu narguilé e bebia meu Bloody Mary, notei um cara chegando numa dama da luxúria e se comportando como um verdadeiro retardado. Esse cara tinha uma boa aparência, um porte físico superior ao de outros homens, mas tinha a mente de um beta adolescente. Ele só fazia macaquices e se comportava como um debiloide. Mesmo estando lá por dinheiro, a damlux se afastou e cortou o cara como se estivesse numa balada normal. Isso mesmo, betas, o cara levou um fora estando num templo da fornicação! Enquanto isso eu vi um beta magro e corcunda, porém extremamente comunicativo e pelo jeito era um cara engraçado. Quando ele chegou na damlux, dava-se para notar que as mulheres ficavam hipnotizadas pelo seu traquejo e seu papo. Porém, como sua postura física era abominável, as damlux pediam para ir ao banheiro e voltavam com os seus amantes momentâneos que eram muito melhores que o pobre betinha.


Lógica da situação: não adianta você ser um alfa mental quando seu esteriótipo não te ajuda, nem um alfa físico com mente betística, pois você será dispensado se não possuir o melhor atrativo de todos: dinheiro. Todos já estão cansado de saber que só o dinheiro salva. Pelas barbas do profeta, quantas vezes terei que repetir isso? Enquanto os dois indivíduos eram dispensados pelas sacerdotisas do pecado, elas não paravam de me olhar em razão da demonstração de poder que meu dinheiro diabístico pode me proporcionar. Creio também que o que me ajuda bastante é o meu estilo arrebatador com minhas roupas transadas, minha boina italiana e meus suspensórios. Apenas eu estava vestido com estilo, arrebentando a boca do balão. Enfim, vítima escolhida, acordo feito do que posso fazer em nosso momento de amor e então subo as escadas.

Carícias trocadas, amor momentâneo satisfeito e fluídos trocados com total sucesso. O little devil sai feliz e minha autoestima está lá em cima. Quando que na vida real eu comeria uma panicat dessas por tão pouco? No mínimo eu morreria com transporte, restaurante, papos acerca da vida chata da moçoila para apenas ter a expectativa de transar num próximo encontro. E ainda tenho que ver betas dizendo que querem um amor verdadeiro para ter alguém para cuidarem? É sério isso? Se você é um desses, entenda que você nunca terá o que deseja porque sua barganha é proporcional ao seu poderio financeiro. Não adianta nada ter uma mente alfa, um físico alfa se sua carteira é proporcional a um beta D. Juro que se você chegar ao cúmulo de chorar no colo de uma damlux eu arrebento sua cara com bicudas e cotoveladas. E outra, estou de saco cheio e estou indo dormir, porque estou bêbado e não estou mais afim de falar nada. Até mais.


Um abraço do Pobre-diabo!

quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

Um pobre-diabo sobrecarregado, depressivo e alcoólatra


Que a paz da Filosofia Diabística esteja convosco, irmãos, amém? Embora eu tenha passado o dia todo com os nervos à flor da pele, agora estou mais calmo, nada que algumas doses de elixir dos deuses (cervejas artesanais), alguns cigarros de cereja e uma deliciosa boquete de uma dama da luxúria não acalmem essa minha alma aflita e essa mente doentia.

Ao chegar em casa às 21:00 eu estava completamente exausto e irritado. Entrei correndo em casa e abri uma cerveja, tomando ela toda em um só gole, chorando como uma marica. Já comecei a fumar um cigarro atrás do outro e a beber ainda mais. Está muito difícil essa rotina, tenho vontade de espancar todo mundo que me enche o saco, principalmente betas fedidos, então tomem cuidado para eu não ir atrás de vocês e arrebentar suas caras gordas, haters idiotas. Enfim, tive que sair e ir encontrar uma dama da luxúria, sacerdotisa do pecado, para acalmar ainda mais minha mente. Se não fosse o dinheiro eu teria condições de ter essas especiarias à minha disposição? É claro que não! 

Começo de ano é uma correria infernal para quem possui um cargo alto e de destaque, pois você precisa mostrar projetos, demonstrar confiança e, principalmente, dar resultados. Para tanto, não basta somente você ser esculachado pelo seu chefe, mas você tem que cobrar muito da sua equipe, tendo que administrar situações que se você não tem controle acaba fazendo alguma merda. E hoje foi um dia assim, dois técnicos quiseram crescer para cima de mim, mas eu coloquei eles no lugar deles e mostrei quem manda. Obviamente que eu também tomei esporros, pois se você quer ganhar bem, prepare-se para trabalhar muito e engolir muito sapo!


Desde segunda eu estou numa correria total, sem tempo para nada, levando serviço para casa inclusive (vocês devem ter percebido que mal consegui entrar no reduto essa semana). Confesso que estou sobrecarregado, irritado e depressivo, pois para mim não é natural estar na posição que estou profissionalmente, pois sou tímido e introvertido e essas coisas me consomem muita energia! Mas o que fazer então, abandonar o trabalho que me garante uma boa renda, mas que consome toda minha energia? Devo tentar abrir uma lanchonete na garagem da mamãe? Devo chamar 5 amigos e abrir um carrinho de cachorro quente? Devo gravar vídeos e tentar virar YouTuber?

A resposta é não. O motivo é simples: a regra para quem é beta é o fracasso, enquanto a exceção é o sucesso. Veja que em terras tupiniquins se você ganha 4k você está acima de quase a totalidade da população, então acha mesmo que é fácil ganhar isso? Acha que é só abrir um negócio ridículo e sem alvará como o Passarinho chupador e a ovelha gorda que irá ganhar horrores? Óbvio que não, e já postei em outros textos várias pesquisas que comprovam a grande dificuldade nos negócios. Portanto, meus amigos, mesmo estando sobrecarregado e depressivo, ainda não posso reclamar, pois ganho mais que 5 vezes o que ganham esses dois idiotas que acabei de falar, os quais trabalham das 4h da madrugada às 23h na noite, pasmem! Fora ilusões e extremismos! 

Como todos aqui sabem, não existem contos de fadas e nem sucesso sem esforço, sendo assim, sempre em algo você sairá perdendo, como sono, tranquilidade, alimentação, físico e sentimentos. Posso dizer que todas essas coisas estão me afetando, estou dormindo muito mal, irritado, comendo mal, não estou conseguindo treinar muito e tenho estado depressivo constantemente. Eu só aguento tudo isso porque meus sonhos são grandes e eu não desisto fácil! Eu amo o dinheiro, amo o poder, amo a vida boa e os prazeres. Ficar sem fazer nada e sem grana não dá certo para mim. Enquanto isso, o álcool vai me ajudando a acalmar, estando cada vez mais dependente dele, bebendo doses cavalares todos os dias. Se não fosse ele eu não sei o que seria de mim. 


Portanto betas, não desistam, vão até o fim e deem o seu sangue! No final, vocês verão que tudo isso vai faler a pena. Mesmo estando irritado, só de degustar o refresco da alma e fazer amor com uma deliciosa panicat, já resolvem esse mal humor. Se quer vida boa então se prepare para ter de se esforçar muito. Eu não me contento andando com carro popular, nem comendo comidas ruins ou viajando para locais sem graça. Eu quero tudo, TUDO MESMO, VIDA PLENA! Se você se contenta com o pouco então continue assim, só saiba que lá na frente ninguém vai te dar nada. Vai ficar depende do do SUS? Vai ficar fazendo cachorro quente até quando tiver 70 anos de idade? Lembrem sempre disso: o topo pertence a poucos, quem não desiste e luta até dar o seu sangue. Os caras que gostam de vida boa, baladinhas, torrando o salário com ostentações um dia irão pagar a conta. O futuro é negro para betas pobres não diabistas. 

Pensem bem, betas, pois a sua decisão hoje pode ser significativa para a sua vida. Hoje eu posso estar estressado, mas lá na frente valerá muito a pena. Hoje mesmo está valendo, pensem em uma gostosa com corpo de panicat que eu transei hoje! Nós nos curtimos muito e eu fiz ela gozar duas vezes e no fim lhe dei lacticínios diabísticos. Se não fosse o dinheiro, jamais veria uma dessas na minha frente, além do mais, nunca iria me sujeitar a namorar uma magrela de 35kg por carência ou uma gordinha feia de rosto, como as namoradas dos dois seres mais odiados da diabosfera.

Só o dinheiro salva (e te dá felicidade, tranquilidade, prazeres, carrões, comidas e bebidas de qualidade, sexo com panicats e viagens internacionais). 


Um abraço do Pobre-diabo! 

sábado, 19 de janeiro de 2019

Diaboladas #10


Um salve diabístico a todos os betas oprimidos desse Brasil guaranil, minha gente! Após um longo tempo sem postar esse formato super famoso de post que faz muito sucesso aqui em nosso querido reduto, venho trazer a vocês, meus queridos amigos, exemplos claros de betas que mesmo com todas as evidências de que irão se foder por decisões não pensadas, estes insistem em continuar atuando contra a maré e não se importando bulhufas e patavinas de nada com as consequências de suas fulas decisões, mesmo a filosofia diabística esclarecendo a realidade para todos os betas iludidos e extremistas que ainda não são diabistas.

As diaboladas fazem parte de uma categoria de posts que retratam a desgraça de betas abobalhados, os quais são complementados por ácidos comentários diabísticos que nos fazem refletir acerca da penosa condição de humilhação, fracasso, desespero e abandono que incautos betas sofrem por não conhecerem a revolucionária Filosofia Diabística. Alguns poucos ainda são resistentes em aceitar a superioridade deste conglomerado de conhecimentos que vieram para estourar a boca do balão, detonar geral, tornar o beta um cara supimpa para dedéu, além de salvar o pouco de dignidade que ainda sobra para seres desprezíveis como nós, meros mortais betísticos. Enfim, vamos às notícias:


Esposa sedava empresário e usava terreiro de umbanda para desviar fortuna de R$ 27 milhões, diz MP

Nessa notícia, caríssimos betas, temos um golpe extremamente novo e que nunca havia ainda ocorrido: o beta abobalhado se casa com uma mulher com metade da sua idade, ela descobre que ele possui uma fortuna e dá um jeito de se aproveitar disso. O que ela faz? Começa a dar sedativos que pioram a sua já combalida mente, causando confusão mental e saqueia todo seu dinheiro. Não satisfeita, tem um filha dele e efetua compras de imóveis no nome desta para poder usufruir dos bens caso algo dê errado. O que é mais interessante é que esse beta a conheceu logo depois que se separou da mulher com quem conviveu por 30 anos. Seu prejuízo, betas, foi de R$27 milhões, mas apenas R$16 milhões é que foram bloqueados do terreiro utilizado como meio de estelionato. Atualmente não possui nada em seu nome, porém o golpe foi descoberto a tempo antes de ser totalmente concluído.

Quando um beta não conhece a filosofia diabística, tudo de ruim pode lhe acontecer. O que claramente vimos aqui é a auto-sabotagem que a mente betística sofre ao não conseguir lidar com a realidade do mundo. O beta precisa de um amorzinho para poder ser feliz, mesmo que isso lhe custe tudo o que conseguiu na vida. Quando afirmo que os betas devem se deliciar com as damas da luxúria, muitos aqui me criticam porque não entendem que esse sexo não é caro em relação ao preço, a longo prazo, de um relacionamento. Mas se fodam aí, otários, esperando o amor de sua vida, mesmo que tenham que ficar chorando no colo das amadas serviçais do pecado, das sacerdotisas do prazer, ou seja, das damas da luxúria.


Jovem que matou ex durante ato sexual deixa prisão para se casar com detento

Dizem que o amor é cego. Para mim, na verdade, ele é burro. Na verdade amor não existe, e aquilo que acham que é amor nada mais é uma mistura de desejo, novidade e insegurança. Basta acompanhar a história dessa mulher: ela namorava um beta que mesmo após já ter constatado que ela era problemática, ainda assim resolveu transar com ela (muito provavelmente por ser um beta come-ninguém que devia se acabar na punheta). Durante o ato, essa mulher esfaqueou seu ex-namorado e fitou-o nos olhos até que morresse. Após ser presa, conheceu seu atual marido, que também é detento, através de uma visita dele e a partir disso começaram a se comunicar por cartas, ato este que continua haja vista as penas longas de cada um.

Enquanto o betinha burro perdeu sua vida, um outro assume a bronca já sabendo do histórico de quem está se envolvendo. Logicamente este homem é muito mais perigoso que ela, o que gera respeito, sentimento esse que era totalmente ausente na relação que o betinha morto teve com a psicopata. Como todos sabemos, betas fedem e geram desprezo, por isso de sua morte. E você aí, betinha, teria coragem de dormir ao lado de alguém que já tirou a vida de alguém a sangue frio e razão alguma?


Homem descobre traição de esposa seis dias após casamento de R$ 150 mil

Mais uma notícia (antiga) e estarrecedora. O betinha conhece a sua "amada", começa a morar junto dela e depois planeja realizar seu suicídio a longo prazo (casamento). Após gastar o equivalente a R$150 mil em uma festa de casamento inútil para realizar o sonho de sua futura esposa de se casar no México em um resort de luxo, o animal torra uma nota e não percebe que está apenas sendo o jumento que bancará o luxo de alguém por ser idiota. Uma semana após o casamento ela desaparece e quando ressurge, diz que o está abandonando, além de lhe dizer que seu novo companheiro era muito melhor na cama. Não estão satisfeitos? Então aqui vai o bônus: ele reverteu o processo de vasectomia a pedido da ex e gastou nada mais que R$10 mil.

O que posso falar disso aqui, betas? Será que ele não seria mais feliz tendo gastado todo esse dinheiro com as damas da luxúria nos templos da libertinagem? Como alguém consegue pensar em gastar esse dinheiro com um casamento e não com um carro legal que te alegrará muito mais que uma esposinha chata, gorda, que não transa e reclamona? Estou sem comentários.


Homem esfaqueado 13 vezes pela namorada a pede em casamento em tribunal

Esse aqui é o cúmulo do cúmulo. A megera esfaqueia o betinha 13 vezes, quase o mata, o deixa hospitalizado por três semanas e no tribunal o burro de estimação dela pede ao juiz para que não aplique a pena pela agressão porque não está satisfeito com as punições a ela. Ele também quer sofrer a prisão. Ele também se sente culpado. Ele também não está satisfeito. O que ele faz: pede a sua algoz em casamento e fode sua vida de vez. Não há mais detalhes, assim como comentários, porque a porrada desses betas inúteis em razão de suas escrotices beira o ridículo. Não tenho seuquer o que falar mais além disso.

CONCLUSÃO

Independente do que for, a carência do beta é a seu principal vilã. O beta é inseguro, deficiente em testosterona, emasculado e humilhado. Por ser um beta B mais feio que cu cagando, sente-se ameaçado do desconhecido, apegando-se a qualquer desgraça que apareça em sua vida, pois imagina que essa será a última oportunidade nela. Betas não diabísticos tendem sempre a cometer esses erros, mas aqueles que seguem a FD hão de estar sempre um passo à frente do mundo.

Um braço do Pobre-diabo!