domingo, 18 de agosto de 2019

Adianta fingir ser alfa para pegar mulheres?


A pior coisa que betas podem fazer é tentar querer imitar alfas ao ver o sucesso sexual deles. Betoso imundo, entenda que não se trata apenas de usar roupas descoladas, de se encher de bombas falsificadas ou de copiar o estilo irreverente de algum alfa. O físico superior, a mente forte, a extroversão, a coragem, as experiências, as condições etc dos alfas são inerentes a eles, ou seja, eles não escolhem ou fingem ser o que não são, apenas agem normalmente.  As mulheres automaticamente ao ver um homem reconhece se é um alfa ou um beta, não adianta fingir. Um beta querer emular um alfa, além de previsível é a coisa mais ridícula do mundo, pois não tem como esconder isso.

Quem aqui não lembra do Roliço braço de linguiça querendo ensinar betas a serem descolados? O idiota falava para usar roupas do Justin Bieber, usar bombas falsificadas e comprar uma moto ninja usada. O Passarinho é ainda mais burro, no post passado falou que betas devem se vestir como Zé droguinhas, ouvir funk, mentir muito e gastar dinheiro com combos caros, como se isso fosse fazer o maldito do beta deixar de ser ridículo e ganhar o respeito de todos além da atenção de mulheres lindas e gostosas. Aí os maricas ficam chorando porque não recebem atenção de mulheres, mas não enxergam que são asquerosos e causam nojo. Se você é beta, deve procurar mulheres no seu nível! 

O que acontece na verdade é que são as mulheres que escolhem quem elas querem. Você pode emular ter o melhor papo, decorar as melhores piadas, copiar ginga de maloqueiro, tatuar os braços ou usar roupas transadas, mas qualquer mulher ao te olhar vai enxergar um beta fedorento, pois isso não tem como esconder. Procurem ser felizes por vocês mesmos e não para ficar querendo agradar aos outros ou se exibir para mulheres. Sabe aquelas gatinhas que andam de mãos dadas com betas? Isso é coisa da TED ou porque ela curtiu mesmo o cara, mas isso é algo pontual, não é uma regra, é exceção. Simples assim. Não queira forçar a barra, pois nenhuma mulher é obrigada a dar atenção para um beta nojento como você. 

Esse não vai ser você não, betinha, pare de sonhar com a princesa encantada. Trate de ganhar dinheiro e ser feliz, senão vai acabar sendo um fracassado como dois animais mentirosos conhecidos aqui do reduto

Enquanto vejo betinhas com mentalidade de adolescentes chorando porque não ganham atenção de garotas lindas (mesmo sendo ridículos, chatos e pobres), eu como sou um diabista, aproveito todo o poder que o dinheiro pode me dar, afinal, só ele te dá conforto, luxos e prazeres. Fim do ano vou para a Europa, como e bebo do bom e do melhor, dirijo verdadeiras máquinas e transo com damlux que são mulheres lindas, verdadeiras capas de revistas. Vocês acham que eu tenho tempo para chorar por causa de mulher? Eu quero é dinheiro, só dinheiro, pois ele compra tudo, porra!

Agora me respondam, o que adianta ficar emulando algo que você não é e mentindo ou fingindo que tem dinheiro? Você até pode enganar alguma mulher por uma noite (difícil, pois elas são muito mais espertas do que você imagina), mas no dia seguinte ela vai ver como você é um bosta e vai te largar. Qual a graça de viver uma mentira? Não é melhor você se destacar pelo que é, como eu que me destaco por uma boa posição profissional/social e financeira? No fundo todos sabemos que betas fedidos querem a atenção e amorzinho de uma mulher, mas não é com essa vida de mentiras que vão conseguir.

Primeiro vocês devem se enxergar. Se você é beta, feio, tosco e chato, por que acha que uma novinha linda vai te querer? Uma mulher melhor que você beta só vai te querer se você tiver algo a oferecer. Se vocês querem evoluir, não é com PUAs, jogos sociais ou coaching que vão conseguir, pois são coisas idiotas de fracassados imitadores e limitados. Apenas a Filosofia Diabística pode abrir seus olhos e te levar ao sucesso. Não adianta fingir o que não é, pois uma hora todos vão ver como você é um fracassado, como o Roliço e o Passarinho são. Dinheiro é o maior afrodisíaco que existe e só ele pode transformar a vida de um betoso, nunca esqueçam disso. 


Um abraço do Pobre-diabo! 

quarta-feira, 14 de agosto de 2019

Uma nova fase profissional diabística


Como todos já devem ter percebido, eu gosto de viver cada momento da vida com intensidade. Ser mediano para mim não serve e a derrota nunca será uma opção. Toda vez que vejo pessoas conformadas com a vida, pregando a simplicidade e o minimalismo (não no sentido de estilo de vida, mas como uma forma de se conformar com sua inabilidade em ganhar dinheiro), eu fecho meus punhos e imagino dando duríssimos jabs e cruzados em sua cara, só não fazendo isso por medo de ir preso. A grande verdade é que não existe dinheiro fácil e nem sucesso sem esforço. Apenas sobreviver é o que faz essa quantidade absurda de fracassados mundo a fora.

Se você ainda não entendeu, betoso, esse mundo é injusto, cruel e selvagem, aqui reina a lei da selva, a lei do mais forte, ou seja, se você quer algo, vai ter que lutar com todas as suas forças, se especializar e usar de sua melhor estratégia. Entenda, ainda, que tudo piora se você nasceu beta, pois aí todas as forças do universo estão contra você. Não é nada fácil alguém que nasceu feio, cheio de traumas, em família ignorante e sem condições financeiras se destacar e isso é óbvio, mas não adianta chorar igual uma marica, pois ninguém vai te dar nada de graça! Por isso que destaco a importância da Filosofia Diabística, a única capaz de salvar os betas, pois prega o abandono das ilusões e extremismos e a completa racionalidade e estratégia na busca do sucesso.


Eu sou um beta B mais feio que cu cagando, traumatizado, ridículo, escroto e com uma mente doentia que beira ao retardo mental. Além disso, sou alcoólatra, fumante, tenho insônia e agora estou desenvolvendo vício em jogos de azar. Não bastasse isso, possuo uma carga enorme de testosterona em meu corpo, o que faz com que eu tenha tesão o tempo todo, o que acaba por drenar grande parte de minha energias, que poderiam estar concentradas em coisas inteligentes, em coisas fúteis, como assistir vídeos de seres humanos copulando, enquanto minhas mãos fazem movimentos repetitivos na vertical. Por fim, ainda, gasto bastante tempo – e dinheiro – com as minhas maiores paixões, as minhas Damlux (damas da luxúria), também conhecidas como deusas do pecado, sacerdotisas do prazer e rainhas da promiscuidade.

Enfim, eu poderia estar aqui chorando como alguns, afinal, fui descartado como um papel higiênico cheio de bosta no meu antigo trabalho, onde ganhava um ótimo salário, porém, como eu já disse, a melhor opção para mim sempre é ir à luta. Felizmente tenho um bom networking e bons amigos, pessoas com potencial, até porque eu sempre evitei andar com pessoas fracassadas, ignorantes e rasas, como o Passarinho e o Roliço, que nitidamente são animais que fedem a burrice e fracasso. Abrimos PJ, estamos fazendo vários contatos e temos recebido bons retornos, posso dizer que isso muito me surpreendeu. Olhando para o meu passado, posso dizer que não me arrependo de nada do que fiz até agora, mesmo tendo trabalhado como um cavalo, horas e horas de estudo, muitas noites sem dormir, muito estresse e muitas lágrimas, pois foi isso que me fez ser o que sou hoje.


Posso dizer que toda aquela tristeza da semana passada passou e agora estou animado para essa nova fase. Essa semana já cortei o cabelo, fiz um corte transado, deixei um cavanhaque, comprei um terno novo da Hugo Boss, sapato de bico fino, três gravatas de seda, uma boina italiana e uma francesa. Mudanças assim são boas e essenciais para melhorar a nossa autoestima. Para brindar a essa nova fase, logo ao acordar já abri minha melhor garrafa de whisky e já tomei três doses. Agora estou indo almoçar em um restaurante de alto nível com meus colegas, a fim de falar em negócios e, é claro, tomar um bom vinho. Ao sair pretendo ir a um templo cervejístico comemorar a vitória e depois visitar uma maravilhosa damlux, com quem pretendo fazer muito amor. Sucesso, aí vou eu!!!


Um abraço do Pobre-diabo! 

sábado, 10 de agosto de 2019

Do fundo do poço ao sucesso!


Um copo, dois copos, três copos, quatro, cinco, seis, sete, oito... Era assim quem eu estava ontem de noite tentando contar quantos copos de álcool eu tomei. Realmente hoje eu posso dizer que sou um alcoólatra. Se isso não bastasse, ainda sou viciado em cigarros, e hoje tenho fumado quase 2 carteiras por dia. Se ainda não bastasse isso tudo, eu ainda tenho repetido essa rotina dia após dia. Ontem, porém, eu estava mais feliz e contarei isso na sequência. 

Posso dizer que depois que fiquei desempregado as coisas pioraram ainda mais. Antes eu bebia e fumava para aliviar o estresse e pressões diárias do trabalho e da vida. Hoje eu faço isso porque não consigo encontrar outra razão pra não fazer. Para ser mais claro, é como se isso fosse um remédio para a minha tristeza, e realmente é, além de preservar minha sanidade mental. Hoje eu ando com um cantil de bolso com whisky para qualquer lugar que eu vou, pois o efeito inebriante me faz bem e sem ele fico irritado e deprimido. 

Essa semana eu estive bastante ausente do reduto por conta disso, passei a semana toda em casa bebendo, fumando, lendo e fazendo projetos para o futuro. Durante a semana toda passada eu tomei banho um dia só e comi só porcarias que pedia por aplicativo. Dormia no sofá da sala, às vezes caído no chão de bêbado e até na lavanderia em cima das roupas sujas. Ontem minha casa estava com um fedor desgraçado, eu estava com um cheiro nojento de bunda suja, cu cagado, pinto com esmegma podre, bafo de merda e sovaco fétido de suor. 

É assim que eu estava me sentindo essa semana

Foi então que finalmente a iluminação transcendental diabística tomou conta de minha menta doentia de um beta B mais feio que cu cagando. Acendi um charuto Cohiba, tomei mais 2 doses de whisky e comecei a fazer alguns contatos pelo celular. Tenho 2 conhecidos que há um bom tempo sugeriram de fazermos uma parceria, pois ambos, assim como eu, possuem excelente formação e experiência. A ideia é prestarmos consultorias, principalmente para as empresas que já tivemos contato durante todos esses anos (foram muitas).

É claro que não é nada seguro no início, mas terei a liberdade que tantos aqui procuram e, caso dê certo, não trabalharei mais sob tanta pressão. Acredito que será uma ótima ideia, principalmente porque o mercado de trabalho está péssimo e extramamente concorrido, mas no nosso caso temos muito networking e isso facilitará bastante. Para se ter noção, já tive 4 convites para trabalhar em empresas grandes, porém os salários eram praticamente metade do que eu ganhava, sendo assim, o que estarei perdendo se arriscar nessa nova empreitada?

Só sei que estou muito animado com essa ideia, tanto que acordei hoje às 7:00, já abri uma cerveja, acendi um cigarro de cereja e comecei a fazer meus planejamentos.  Mais tarde estou pensando em até brincar com uma damlux. Confesso que essa semana eu estava com os piores sentimentos, me sentindo no fundo do poço, porém essa oportunidade abriu meus olhos e acredito que teremos sucesso. Essa parceria ainda vai render muito. Nunca se esqueça que o sucesso só depende de você! Viva a Filosofia Diabística! 


Um abraço do Pobre-diabo! 

sábado, 3 de agosto de 2019

A beleza só diminui; o dinheiro só aumenta.


No post passado eu destaquei como a beleza é muito cultuada em nossa sociedade. Uma pessoa bem afeiçoada sempre será mais atrativa sexualmente do que qualquer outra pessoa. Mulheres lindas e gostosas fascinam os homens, os quais são capazes de dar tudo o que tem para poder tê-las (na verdade achar que vão tê-las). Os homens galãs, enquanto jovens, por sua vez, atraem muitas mulheres, tendo acesso a um número maior de parceiras sexuais do que qualquer outra pessoa, unicamente por terem características físicas agradáveis aos olhos delas. 

Vale lembrar que tanto para homens, como mulheres a beleza atrativa dura muito pouco tempo e depois dos 30 anos todo o brilho de outrora praticamente deixa de existir. Outra coisa a se destacar é a diferença do uso completamente diferente da beleza para homens e mulheres. Homens bonitos utilizam sua beleza unicamente para fazer mais sexo, escolhendo qualquer mulher, bastando apenas ser bonita, não ganhando bulhufas a mais por isso. Mulheres, com o tempo, por sua vez, mais espertas, procuram parceiros que possam agregar em suas vidas em todos os sentidos, trazendo segurança e conforto, principalmente.


Aí o betoso reduz sua parca existência a apenas usar bombas falsificadas e ficar se vestindo como um adolescente otario, como o Roliço, apenas porque melhorando seu visual consegue atrair algumas poucas feiosas de sua favela. O animal gasta toda a sua energia com coisas fúteis, enquanto poderia utilizar o tempo e potencial ao seu favor se desenvolvendo de forma diabística e melhorando seu financeiro e seu profissional, que é o que de fato importa. O idiota só esquece que a beleza é passageira, o dinheiro (quando bem cuidado) não, sendo este último o maior afrodisíaco de todos, capaz de te proporcionar qualquer coisa! 

A verdade é que ao passar do tempo as mulheres mudam suas cabeças e cada vez mais querem segurança e conforto. Depois que têm filhos então, a prioridade muda completamente, sendo os filhos o foco de suas vidas, restando ao homem apenas ser o provedor, não merecendo atenção alguma deles disso (sexo muito menos). Toda aquela preocupação delas em se cuidar mais em termos de beleza e também dar mais atenção ao homem passa. Aí o cara também deixa de se cuidar, se acomoda e apenas sobrevive. No final, você vê aqueles casais feiosos, mulher gorda, feia e chata e o cara pançudo e careca, sendo apenas um escravo que sustenta a família sem ter direito a nada, nem a um sexo de 10 minutos mal feito.


Sabem o que é o pior? É que esse destino é assim para praticamente todo mundo. Não ache que vai encontrar uma mulher exceção, pois com o tempo todas ficarão flácidas, feiosas, gordas e reduzirão drasticamente o apetite sexual e isso em pouquíssimo tempo. Observe que a maioria depois dos 25 anos já caminham a passos largos para isso. E nós não somos diferentes, também vamos ficando cada vez mais escrotos, cabelo começa a cair, uma pança nojenta começa a crescer e rugas aparecem. No entanto, como a beleza têm um peso menor para nós, com dinheiro tudo isso é compensado facilmente, já para elas é mais difícil, pois homens, como são burros, só enxergam a beleza delas e mais nada (por isso que só se fodem). 

Aí no fim você vê que com 35 anos aqueles homens e mulheres, que outrora eram atraentes, agora são velhos, sem brilho, sem graça e o corpo está irreconhecível. Aqueles idiotas que quando jovens eram alfinhas, hoje são aqueles tiozões pançudos querendo fazer graça achando que vão atrair alguém, quando na verdade são os ridículos. Depois você observa aquele beta que escolheu se desenvolver de forma diabística, demonstrando todo o seu poder financeiro, social e profissional, sendo um verdadeiro molhador de calcinhas, atraindo todo e qualquer tipo de broto ao passar com sua BMW e seu terno da Hugo Boss.


Portanto, betosos, se você é beta, coloque na sua cabeça que você nunca atrairá uma gostosa com sua beleza, só atrairá mulheres feias como você. Pare de chorar e aceite o que é. Se quer gostosas, as damlux estão aí para isso. Se não quer pagar, então procure alguém compatível com você, simples assim. Entenda de uma vez por todas que a única coisa que vai fazer você ter uma vida de verdade é o dinheiro, ele é capaz de te garantir conforto, luxo, prazeres e muito sexo. Nunca se esqueça que só a Filosofia Diabística e o dinheiro podem salvar os betas. 

O que você preferiria: ser bonito, mas morar na favela e andar de moto velha com sua magrela de 35kg,  ou ser feio, mas morar em um condomínio de luxo com piscina e andar de Audi R8 com duas panicats?


Um abraço do Pobre-diabo! 

domingo, 28 de julho de 2019

Beleza e dinheiro são tudo!


Agora que estou desempregado tenho saído mais e aproveitado mais o meu tempo ocioso. Obviamente que minha mente sempre está enebriada por conta dos elixires dos deuses (cervejas artesanais) que aumentam a minha percepção de mundo, ao ponto de eu me transformar praticamente em um filósofo grego. Quando eu fumo um cigarro de cereja o ciclo se completa e então a realidade observada de um beta B mais feio que cu cagando vira teorias e mais teorias de nossa sagrada Filosofia Diabística.

Pois bem, desde quinta eu tenho saído bastante sozinho, com alguns amigos e também com alguns brotos. Fui de lugares tranquilos à lugares badalados, de locais de diversão à locais de azaração. Em todos eles eu observei muito a dinâmica social, até porque além de um beta B eu sou um autista altamente observador que beira ao retardo mental. As quatro moedas de troca principais nesses ambientes são: em primeiro lugar a beleza, segundo a juventude, terceiro a demonstração de riqueza e quarto o destaque social.

Eu e meus amigos indo curtir a night

Caras bonitos e jovens, alfas e semialfas (chega dessa porra de "Chad"), fazem a festa com a mulherada, as melhores já são deles. Depois tem os que não são tão bonitos, mas são jovens, tem destaque social e demonstram riqueza nos locais, como por exemplo, em camarotes com bebidas caras, os quais se igualam aos anteriores e atraem muitas mulheres gatas. Depois disso vem todo o resto que brigam pela sobra, os quais são: os feios, os pobretões, os invisíveis socialmente e os velhos.

Agora imagine se além de feio, você é pobre, isolado e velho, você está condenado ao esquecimento e a ser duramente rejeitado. Se você é feio, mas pelo menos é jovem, tem algum destaque social e algum dinheiro, você ainda consegue algo. Agora se você é mais velho e não tem dinheiro, então esqueça amigo, você é visto como um cocô ambulante. Alguém sem dinheiro sempre será visto como um fracassado. Um homem mais velho só atrai uma fêmea jovem e não tão feia se ela ver nele algo que traz segurança, conforto, luxo e que irá fazê-la atingir seus objetivos. É uma especial de olhar paterno por parte delas mesmo. Ou seja, prepare muito bem o seu bolso. 


No entanto, saibam que aquele sexo de qualidade e com desejo sempre será dos alfas, é só vocês observarem a natureza. Para os outros sempre sobrará o resto. Para compensar isso é só se você tem um destaque social poderoso, ao ponto de ser praticamente um famoso ou se você tem muito dinheiro mesmo ao ponto de bancar um broto como uma verdadeira princesa, cheia de luxos. Notem que estou falando de mulheres jovens e de qualidade. Ou seja, se você beta quer uma mulher compatível com você, então esqueçam as novinhas, as lindas, as gostosas e as que são destaques sociais e profissionais. 

Se o betoso não quer sofrer tanto e quer uma companheira, então a procura deverá focar em mulheres "piores" que você, principalmente na questão financeira, e que entre as mulheres ela não se destaque, principalmente em questão de beleza. Além disso, se a beleza dela for muito superior a sua, então saiba que você terá que compensar isso com bastante dinheiro. A mesma coisa acontece se ela for muito mais jovem que você, já prepare para pagar as contas dela, a aula de inglês, o financiamento do carro, o aluguel e a faculdade.

Oi betinha, por que você não me quer? Por que fica chorando igual uma marica de as novinhas lindas não te olharem? 

Não adianta lutar contra a natureza, meus caros, todos gostam de coisas bonitas, jovens e de qualidade, tanto homens como mulheres. Eu tenho plena certeza que essa minha cara feia de bode velho já não atrai mais ninguém. Teria outra forma de eu ter acesso a mulheres capa de revistas se não fossem damlux? É claro que não! O que falta para o beta é se enxergar. Se você não atrai ninguém por ser feio e pobre, então não culpe o mundo por isso, escolha se desenvolver de forma diabística ou aceite o que vier. Amor não existe, você é importante pelo que tem a oferecer e não pelo que é, por isso a única solução para o beta é ter dinheiro.

Por fim, betosos, nunca esqueçam que se você quer coisas de qualidade na vida, em todos os sentidos, então saibam que isso custará caro. Quer comer lagosta em um restaurante top? Quer tomar whisky de qualidade? Quer dirigir um Mustang? Quer fazer viagens internacionais de qualidade?  Então se prepare, pois irá pagar caro e gastar muito dinheiro. Quer uma mulher jovem, linda e gostosa? Então se prepare, pois igualmente irá pagar caro por isso. Cada qual com sua barganha. Uma mulher feia, gorda, pobre e velha você não quer, não é, espertinho? Por que as lindas, novinhas e gostosas vão ter que querer um ser repugnante, betoso e sem nenhum atrativo como você então? Só a Filosofia Diabística e o dinheiro salvam. 


Um abraço do Pobre-diabo! 

quarta-feira, 24 de julho de 2019

Existe algo pior do que ser feio?


Como eu sempre destaco aqui no reduto, o dinheiro é o único capaz de salvar o beta, porém, em um momento de profunda reflexão, proporcionado pelas degustação de elixir dos deuses (cervejas artesanais), eu pensei: existe algo pior do que ser feio? Pensem comigo, dinheiro é algo que com esforço, inteligência e sorte você conquista, e a beleza? No meu caso, nem pagando milhões de reais em cirurgias plásticas tem como me deixar menos feio.

Na verdade eu não sou feio, eu sou horroroso, ridículo e tosco, como sempre digo, sou um beta B mais feio que cu cagando, que até o próprio Satanás quer longe. Não tenho dúvidas que possuo o super poder da invisibilidade social e o dom supremo de secar vaginas. Se você acha que vai me ofender me xingando, saiba que não vai conseguir, pois talvez você nunca tenha visto alguém tão escroto e ridículo como eu, alguém que causa ânsia de vômito em qualquer pessoa, acredite se quiser. 

Só quem é feio sabe como é ruim ser rejeitado em todos os lugares aonde vai. Seja na escola, faculdade, barzinho, balada, trabalho ou qualquer outro lugar, se você é feio você está condenado a ser ostracizado, a não poder ter acesso aos prazeres que qualquer pessoa comum tem. Percebam que a beleza é a sua porta de entrada, sendo assim, quem que gosta de ver coisas feias? Quando você vê uma mulher gorducha e feiosa, você morre de amores por ela? Se não, então por que você beta fica chorando de as gatas não olham para você?


É muito triste ser feio como um cu cagando, é triste ver alfas e semi-alfas tendo acesso a uma vida social e sexual de dar inveja, no entanto o que você está fazendo para mudar sua situação? Você acha que usar bombas falsificadas como o Roliço vai fazer você deixar de ser betoso? Acha que ficar trancado no quarto fedendo a sêmen, mentindo que é famoso no YouTube como o Passarinho, com um sonho iludido de ser empreendedor com um carrinho de hot dog vai te fazer mudar de vida? 

Como eu sempre digo, não culpe os outros, não culpe o mundo pelo seu fracasso. Todos querem coisas boas, todos querem coisas bonitas, todos querem coisas prazerosas. O que fazer então se você é um betoso escroto? A resposta é simples, você precisa cuidar minimamente de sua aparência para não parecer ainda mais horrendo, tipo emagrecendo e cuidando do seu visual, e, principalmente, ganhando dinheiro, pois só ele pode te dar poder, conforto, luxo e prazer. 

Enfim, existe ou não algo pior do que ser feio? Acredito que existe sim. Ser burro como o blogueiro conhecido como Picca Pau, ser iludido e extremista como o Roliço e ser pobre são coisas ruins demais. Obviamente que ainda existem as pessoas que nasceram na extrema pobreza ou com deficiências físicas terríveis, essas sim têm problemas sério que não se comparam aos seus. Eu sou feio, mas tenho boas condições financeiras e posso ter acesso a uma vida prazerosa. Como e bebo do bom e do melhor, moro bem, tenho um bom carro e transo com damlux deliciosas. O que posso querer mais sendo um beta B?

A grande questão não é você ser betoso, mas o que você está fazendo para se tornar atrativo.


Um abraço do Pobre-diabo! 

domingo, 21 de julho de 2019

Balada e mulher bonita não foram feitos para betosos


Tanto sexta como sábado eu saí com o objetivo de curtir a vida adoidadamente e para isso preparei o visual matador, composto por: calça bege, camisa branca slim, colete de couro, coturno urbano, relógio Tag, corrente de ouro e uma poderosa boina francesa (substituí a italiana, pois acho que a francesa te deixa mais sofisticado). Convidei dois amigos betosos pra curtirmos a night. Esses dois amigos são betas B e C, tão feios e escrotos quanto eu, mas obviamente eu ganho deles nesse quesito disparado, pois pareço um filhote de urubu de tão feio que sou. 

Na sexta fomos a um bar de bom nível social. Lá vi muitas mulheres lindas, as quais eu pediria em casamento ali mesmo (caso fosse um beta mangina). Não preciso nem dizer que éramos completamente invisíveis lá para as mulheres, não é? Mas pelo menos conversamos bastante, bebemos e rimos muito. Fizemos uma aposta de que se eu tomasse um toco da mais feia do bar eles pagariam a conta. Eu crente que venceria, pois sou horroroso e um secador nato de vaginas, fui xavecar uma feiosa que em sã consciência eu jamais xavecaria. Para minha surpresa, ela ficou toda animada, acredito que por causa do meu estilo fashion, e em menos de 1 minuto de conversa ela começou a me beijar. 

Confesso que fiquei com ânsia, pois ela era compatível com minha feiura e eu não estou acostumado com isso. Meus amigos riram muito e tiraram fotos inclusive, fazendo com que eu me arrependesse de ter feito isso. Dei uma desculpa para a moça e fui embora. Isso estragou a minha noite, ainda mais por eu estar acostumado com damlux maravilhosas, verdadeiras panicats. Até que fiquei com um pouco de pena da garota, pois era muito feia e sei como é chato ser rejeitado, mas pasmem, no tempo que fiquei lá vi outros caras tentando a xavecar, inclusive ela deu toco em alguns. 


Fiquei mal depois disso, imaginando como as mulheres lindas devem se sentir ao me beijar, devem sentir um nojo e uma vontade imensa de vomitar, mais do que eu senti. Betas têm que entender que se não são atrativos, não adianta ficar chorando que não têm o amorzinho de uma gata. Se você não tem barganha física e nem financeira, se contente ou em ficar com mulher feia ou ser solteiro para sempre. Por isso que sempre digo que a única saída para o beta é ter dinheiro, único capaz de lhe dar felicidade, paz, conforto, luxo e prazeres. Ou vai dizer que o único problema da sua vida é não ter uma magrela de 35kg no seu pé que te cobra atenção, presentes e faz infernos mentais? 

No sábado decidimos ir a uma balada. As humilhações não foram poucas. Contei 11 tocos que eu tomei, da menos feia até às horrorosas. Se acham que eu fiquei triste, pelo contrário, nem liguei, pois já é normal isso para mim, principalmente por ser um amplo conhecedor da Filosofia Diabística. O que acho mais ridículo sobre isso é quando betas dizem: "vamos para tal balada? Lá vai ter muita gostosa". Será que os imundos não percebem que são feios, pobres e ridículos? As mulheres querem caras legais e atrativos assim como vocês também querem mulheres assim. Então parem de chorar e com essas merdas de blackpill toscas. 

Enfim, como no meu caso eu adoro ter liberdade, tendo pavor de ser escravo como os casadinhos fedorentos, não ligo de ser rejeitado e não namorar uma beldade, pois não tenho barganha para isso, a não ser que eu pegasse uma para sustentar, coisa que eu não quero, pois amo muito meu dinheiro. Conseguem entender o porquê de eu amar tanto as damlux? Elas não me trazem problemas, são sincesas, lindas, gostosas, fazem um sexo maravilhoso, não reclamam das minhas bebidas e cigarros e quando termina a nossa noite de amor, simplesmente vou para casa e elas não me ligam, não pedem nada, não cobram nada, não enchem o saco e não reclamam. 


Um abraço do Pobre-diabo!